Tavira desvenda a partir de hoje segredos da ciência e da tecnologia

Centro de Ciência Viva de Tavira

Centro de Ciência Viva dedica uma semana à ciência e à tecnologia, para dar a conhecer o que se faz neste âmbito no nosso país. Alunos das escolas são os principais alvos, mas a iniciativa está aberta ao público em geral

.

Que ciência se faz em Portugal? Quem são os nossos cientistas? Como trabalham? O que investigam? Que resultados obtêm? O Centro de Ciência Viva de Tavira (CCV) pretende dar resposta a estas questões durante a Semana da Ciência e Tecnologia, que decorre a partir de hoje e até sexta-feira.

A iniciativa é especialmente dirigida ao público escolar, mas também está aberta ao público em geral e representa “uma oportunidade de aproximação à realidade da investigação científica, através da participação dos jovens em palestras, exposição de projetos e atividades práticas, promovendo, uma maior aproximação entre os centros de investigação e o público escolar”, explicam os responsáveis do CCV de Tavira.

Hoje, a partir das 10h00, os participantes vão descobrir como os vírus se podem tornar nossos aliados, o que são pepinos do mar e que existe uma crescente procura comercial desta espécie. Este dia irá, ainda, permitir entender porque ocorre acidificação dos oceanos, quais os seus efeitos nos organismos marinhos e a importância do estudo das larvas de peixes para a conservação dos ecossistemas marinhos.

Na quarta-feira, os tubarões serão um dos temas em destaque, mas o público poderá, ainda, descobrir que os peixes também adoecem e ouvir explicações sobre as jaulas oceânicas utilizadas para produção de peixe.

A importância das áreas marinhas protegidas e a constituição do fundo oceânico, serão temas focados na próxima quinta-feira. Neste dia, haverá explicações sobre como se constrói um embrião e como se podem aplicar as células estaminais embrionárias na medicina regenerativa.

No último dia, sexta-feira, será abordada a situação atual do polvo na costa algarvia e a descoberta de pérolas em bivalves. A iniciativa termina com um mergulho com os peixes bebés, observando como mudam enquanto crescem e quais os desafios que enfrentam no oceano.

A Semana da Ciência e Tecnologia 2012 “proporcionará o espírito de descoberta oferecendo aos alunos a possibilidade de poderem contactar com os investigadores responsáveis pelas diferentes atividades, influenciando a aprendizagem fora do contexto escolar e motivando os alunos para a área científica”, garantem os responsáveis.

O Centro Ciência Viva de Tavira lança assim um convite irrecusável para uma viagem pelo conhecimento, desafiando o público a entender a atualidade da ciência que os nossos investigadores desenvolvem em várias áreas.

Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste