ALGARVE

Rota do Petisco passa por 20 restaurantes do concelho de Loulé

Rota do Petisco.

Depois de uma estreia promissora em 2020, a Rota do Petisco regressa este ano ao concelho de Loulé, pela segunda vez na história deste evento, “para oferecer o melhor da gastronomia local com uma pitada de solidariedade a quem visitar os espaços aderentes durante o próximo mês (até 10 de outubro)”, anunciou a Câmara de Loulé.

Além de Loulé, a 11.ª edição da Rota do Petisco vai estar presente em mais 10 municípios – Aljezur, Vila do Bispo, Lagos, Portimão, Monchique, Lagoa, Silves, Albufeira, São Brás e Tavira –, percorrendo 292 estabelecimentos.

Para embarcar nesta aventura gastronómica, os participantes terão de adquirir um Passaporte, no valor de 1,5€, podendo fazê-lo em alguns dos estabelecimentos aderentes ao evento e/ou nos pontos de venda oficiais.

O valor do mesmo reverte, na íntegra, para apoiar nove instituições sociais da região (Rota Solidária). Depois, será possível degustar os verdadeiros sabores algarvios pelo valor de 3€ (petisco e bebida incluída).

No caso do concelho de Loulé, são 20 os restaurantes aderentes a esta iniciativa: Quinta do Moinho; Pastelaria Rústica; The Old Town – Cocktail & Wine Bar; Fábrica da Amêndoa; Pizzaria Luzzo Loulé; 8100 Café (Loulé); O Regional; Germano BiciArte Café; Quinta do Freixo; Churrasqueira A Villa; Janela da Serra (Alte/Benafim/Salir); Harvest – Kitchen & Bar; Cais Wine & Tapas Bar; Água Salgada Marisqueira; Restaurante Rosa Branca; Pastelaria Vila Faia; Restaurante Pic-Nic; Teixeira Wine Bar; Sabores do Churrasco – Premium; Monica’s Restaurante.

Neste concelho, a apresentação do Passaporte trará ainda outras vantagens: entrada grátis no Museu Municipal e desconto equivalente ao Cartão de Amigo do Cineteatro Louletano (50% de desconto na aquisição de bilhetes para espetáculos), com a apresentação do passaporte, durante o tempo duração da Rota.

O ponto oficial em Loulé é o Palácio Gama Lobo.

Através desta Rota pretende-se promover e valorizar junto do público a tradição, riqueza e variedade dos sabores algarvios, que vão dos peixes e mariscos da costa à carne das zonas rurais do interior, da doçaria tradicional a pratos típicos como o xerém ou as cataplanas. Uma panóplia de escolhas para quem visitar os espaços aderentes.

Em 2021 este constitui também uma importante iniciativa de apoio ao tecido empresarial da região, em particular da restauração, que sofreu alguns revezes com a crise pandémica.

Mais informações em www.rotadopetisco.com

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste